Português Italian English Spanish

Surto de covid-19 nas Américas ainda vai durar muito tempo, esta longe de acabar, dizem cientistas

Surto de covid-19 nas Américas ainda vai durar muito tempo, esta longe de acabar, dizem cientistas


11/07/2020

A cada surge uma nova informação sobre o coronavírus. infelizmente neste momento as noticias que tem chegado a imprensa, não são das melhores. Apesar da luta dos cientistas, em busca de uma resposta sobre este vírus, que vem matando mais de meio milhão de pessoas no mundo, e arrassando a economia mundial. Mas até o momento, as informações são as mais "nubladas" possivéis sobre a força do ccovid-19. Mesmo que ao redor do mundo a comunidade cientista, tenha feito esforçoes grandiosos em busca de pelo menos respostas, e de entender este virus tão feroz. 

Enquanto em vários países europeus os gráficos que acompanham a evolução da pandemia de covid-19 demonstram um controle da doença, ao menos temporário, na América Latina, um estudo do Observatório Fluminense Covid-19 (https://www.covid19rj.org) aponta que o momento é de aumento do número de casos e mortes ou uma estabilização em patamares muito elevados no continente.

Dos 15 países da América Latina analisados pelo projeto (não entram no monitoramento do grupo El Salvador, Guatemala, Haiti, Honduras e Nicarágua), o gráfico chamado de semáforo indica que apenas Cuba e Uruguai estão no indicador verde, que significa que o país está “vencendo” a epidemia quanto ao número de casos registrados por semana. Na métrica por número de mortes por semana, o Paraguai também entra no verde.

Estão na cor amarela, que indica “quase lá” no enfrentamento à pandemia, Chile, Equador e Paraguai para novos casos por semana e apenas o Equador para o número de mortes. Todos os outros estão no vermelho para as duas medidas, ou seja, “precisam agir” para controlar a disseminação do novo coronavírus.

Direto da Redação