Português Italian English Spanish

Partido Novo se prepara para primeira eleição municipal na Bahia

Partido Novo se prepara para primeira eleição municipal na Bahia


Por: Henrique Brinco

 

O Partido Novo disputará em 2020 a primeira eleição municipal da história, em Salvador e em Feira de Santana. A legenda aprovou 16 candidatos à Câmara Municipal de Vereadores de Salvador. Vice-líder da bancada do partido Novo na Câmara dos Deputados, o deputado federal Marcel Van Hattem comentou durante sua palestra em Salvador que a legenda vai surpreender durante as eleições municipais de 2020.

"Temos que convidar as pessoas para conhecer os candidatos do Novo. É um time que irá surpreender em Salvador e em Feira de Santana. Temos nomes de muita qualidade que podem acrescentar muito no legislativo municipal. A Bahia só tem a ganhar", pontuou o deputado federal.

Em Feira de Santana, além dos 10 candidatos a vereador, o partido confirmou a candidatura de Carlos Medeiros e Louise Novais para os cargos de prefeito e vice. Presidente do Novo em Feira, Thiago Martins defendeu que o partido lançou um time forte para renovar o quadro político da cidade.

"Montamos um time bem forte, com todos os princípios e valores do Partido Novo. Vemos que Feira temos uma eleição em aberto e chegamos como uma ótima opção de renovação. Estamos dando a Feira uma grande oportunidade de escolher candidatos bem preparados que possam realizar uma ótima gestão", comentou.

Diferente dos demais partidos, o Novo não realizará coligações. Todos os pré-candidatos do partido passaram por processo seletivo, que envolve análise de currículo e teste de alinhamento com as diretrizes partidárias. As eleições municipais 2020 no Brasil estão marcadas para os dias 15 de novembro (data do primeiro turno) e para 29 de novembro – o segundo turno. Desde o último dia 27 de novembro, quando foram iniciadas as campanhas, diretórios partidários, filiados, voluntários e apoiadores do Novo já se movimentam pelo país com eventos de rua e online. 

No Brasil, o partido participa em 46 cidades com 29 candidatos a prefeitos e mais de 500 candidatos a vereadores espalhados pelo país. Todos os candidatos também foram aprovados por um processo seletivo que deu início em setembro de 2019. A agremiação não usa o Fundo Partidário, nem o Fundo Eleitoral. O partido conta com o apoio e a divulgação dos candidatos "por todos os cidadãos que se alinham com suas ideias e valores".