Português Italian English Spanish

Com fechamento da Ford, mais de 12 mil famílias perderão seus planos de saúde

Com fechamento da Ford, mais de 12 mil famílias perderão seus planos de saúde


12/01/2021

Com o encerramento das atividades da Ford no Brasil, cerca de 12 mil famílias deverão ficar sem assistência médica privada, segundo o secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas. Em publicação nas redes sociais nesta terça-feira (12), ele avaliou o fechamento das três fábricas da empresa no país, incluindo a situada em Camaçari (BA), como “uma crueldade”.

“O fechamento das 3 fábricas e encerramento da produção da Ford Brasil , em plena pandemia, revela a crueldade daqueles à frente do seu conselho de administração. Mais de 12 mil famílias estarão desamparadas, sem seus planos de saúde privados. O SUS as acolherá”, afirmou.

Desde que montadora anunciou o encerramento das atividades no país, na segunda (11), a Bahia tem se mobilizado para atrair outras empresas. Em nota, o governo estadual informou que entrou em contato com a Fieb (Federação das Indústrias do Estado da Bahia) para avaliar possibilidades alternativas ao fechamento.

Ainda na segunda, o governador da Bahia, Rui Costa (PT), anunciou a criação de um grupo de trabalho para atuar no trabalho de atrair outras montadoras. “Hoje mesmo, já entrei em contato com embaixadas de outros países, especialmente asiáticos, para efetivar o convite para que indústrias automotivas venham visitar nosso parque e conhecer nossa infraestrutura para que possamos atrair o interesse de outros grupos e voltemos a ter, o mais rápido possível, a fabricação de carros na Bahia, garantindo a renda e o emprego para milhares de famílias de baianos e baianos, disse.